As obras

Os orçamentos

Começo de nova aventura, os orçamentos. Em época de crise seria expectável a obtenção de orçamentos generosos com alguma facilidade. Puro engano, não querendo generalizar os empreiteiros e construtores habituaram-se à obtenção de lucros elevados nas obras que realizam. No Algarve mais concretamente no Barlavento, esta situação é exacerbada por uma série de factores do conhecimento comum.
Após três meses de procura e consequente estudo de orçamentos, recebemos da parte de um empreiteiro uma proposta para realização de orçamento, através de um forum da internet (forum da casa), no qual tinhamos colocado uma questão sobre construção. Apesar de não ser Português, agradou-nos de imediato a facilidade de comunicação e compreensão das ideias que apresentámos. Consolidámos a nossa decisão quando nos foram apresentadas fotografias de trabalhos anteriores, e com o valor do orçamento apresentado.






As demolições

Após a limpeza do terreno, começaram as demolições. Telhado antigo para fora, paredes exteriores e interiores picadas. Nesta fase parece que estamos a regredir, a casa parece saida de um cenário de guerra, mas em breve virão os dias de paz...








Raios parta a chuva...

Não bastava a complexidade dos trabalhos do telhado, juntou-se à festa a chuva que não pára de cair.
Durante este Mês a obra pouco avançou, limpeza interior dos escombros, reboco exterior concluido e espera de uma aberta para execução do telhado. Raios parta a chuva!






O sítio é mesmo lindo...

Após visita de rotina à obra, resolvi dar um passeio mais profundo pelas imediações.
O sítio é mesmo lindo!







Preparação do telhado

Após muita ponderação sobre o telhado, foi tomada a decisão de execução de um lintel para maior solidez. Paramentos quase finalizados e placa partida.


                                                 


                                                     
  

                                     

Ano novo, telhado de pé...

Após ausência prolongada, noticias e imagens frescas da Casa de Cantoneiros.
Estrutura do telhado (barrotes em autoclave), forro (casquinha branca em escama), isolamento (cortiça 2x3mm), manta anti-vapor (Owolen), sub telha (Onduline), telha canudo.







Querem descansar , vão para o Gerês!

Já foram à vida duas equipas que trabalharam na casa. Querem descansar vão para o Gerês!
Não percebo esta gente, deve ser pelo facto de estarem no Algarve pensam que estão de férias!
Quando isto chegar ao fim...




Já faltou mais...

São tantos os problemas por resolver, que não me apetece escrever nada...




Está quase...

Está quase. Após seis meses de encontros, desencontros, confusões, desculpas, culpas, derrapagens dos orçamentos e tudo mais que qualquer obra tem direito, está a chegar ao fim...



Painel de mosaicos hidráulicos (homenagem ao Ti Jorge)
Florão mosaicos hidráulicos
Bancada sulipa (que história...) 

Finalmente!

Mais fotos fresquinhas...










Forno e churrasqueira

Sem actualizar o blogue há algum tempo, publico agora as fotos do forno e churrasqueira.



                                                  


                                   

1 comentário:

  1. Boa tarde Miguel,
    Eu realmente gosto a reabilitação da casa. Apenas eu queria perguntar em que ano fez a reforma, o preço e se você necesitasteis contratar um arquiteto. Estou prestes a comprar uma casa semelhante a reformar perto de Coimbra e eu gostaria de ter uma referência. Eu sei que cada casa é diferente e pode variar, mas não quero colocar meus dedos. Se você não quer me dar a informação que eu obtê-lo, não há problema. Obrigada, cumprimentos e felicitações.
    Meu e-mail é: iturana1971@gmail.com

    ResponderEliminar